sábado, 25 de junho de 2011

Maravilhosa Adélia Prado



















ADÉLIA PRADO É CONSIDERADA
A MAIS COMPLETA ESCRITORA BRASILEIRA EM ATIVIDADE.
PROFESSORA POR FORMAÇÃO, EXERCEU A PROFISSÃO
POR MUITOS ANOS . ATÉ QUE SEU LADO DE ESCRITORA
FALOU MAIS ALTO.
TORNANDO-SE AUTORA DE VÁRIAS OBRAS
EM PROSA E POESIA.


ABAIXO UMA PEQUENA AMOSTRA
DA GRANDE QUALIDADE POÉTICA
DE ADÉLIA PRADO.





¨ORFANDADE¨
"Meu Deus,
me dê cinco anos.
Me dê um pé de fedegoso com formiga preta,
me dê um Natal e sua véspera,
o ressonar das pessoas no quartinho.
Me dê a negrinha Fia pra eu brincar,
me dê uma noite pra eu dormir com minha mãe.
Me dê minha mãe, alegria sã e medo remediável,
me dá a mão, me cura de ser grande.
Ó meu Deus, meu pai,
meu pai..."


22 comentários:

Entrevidas disse...

Me dê um Natal e sua véspera...
- São frazes especiais que não se esquece. Beijos e bom final de semana

Vivian disse...

Bom dia,Moisés!!

Maravilhosa Adélia!!
Eu gosto muito!
Beijos pra ti!
Bom final de semana!
*Tudo bem contigo?Espero que esteja bem de saúde!

renatocinema disse...

Adorei o estilo.

Sendo sincero, não conhecia. Mas, adorei.

Me dê o dom de escrever tão bem, sábios deuses.

Milene Lima disse...

"me cura de ser grande"... Bem queria eu me curar dessa história de ser grande e ter que ser e fazer um monte de coisa, cuja vontade nem sei aonde se perdeu... Muitas vezes ser criança e poder deixar aparecerem os meus monstros é o que eu queria.

Eu gosto de Adélia Prado, embora não a conheça tanto. Mas é sempre uma boa hora para aprofundar o conhecimento, né? Você me instiga.

Beijo!

R. R. Barcellos disse...

- Gente como ela - e ouso dizer, como todos os que gostamos de ler e rabiscar - preservamos um precioso pedacinho de criança dentro de nós, onde podemos nos refugiar quando o "ser grande" nos oprime a alma. Abraço.

Valéria Sorohan disse...

Que lindo! Sou fã dessa mulher.

BeijooO*

ROSANA VENTURA disse...

Amo, tenha verdadeira paixão por Adélia.
bjosssssssss

Universo Paralelo em Versos disse...

Poeta Adélia é demais. Uma amiga da minha filha morou com ela um bom tempo e quando soube fiquei em êxtase. Amo demais de ler ela. Este que vc escolheu é lindo escolhido a dedo e aqui ficou mais especial ainda. Parabéns sempre!

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

Oi querido Moisés,


O que dizer????

Simplesmente maravilhosa!!!!

Beijos
Ani

may lu disse...

Sim meu anjo!ela é realmente grande...e são pedidos que todos nós em algum momento já pedimos ou sentimos aquele desejo de ter ou ver...beijos carinhosos!

Si Fernandes disse...

Gostos demais de Adélia Prado, acho que sabes disso.
E esse poema é também a minha oração... Peço sempre mais coragem de ser menos adulta.

Ps. Ai, que saudades de voce!
seus comentários no Balaio são quase poesias.
Beijos, Poeta bom, meu bem!

Roberta Maia disse...

Nossa, que lindo!!!Homenagem mais que merecida!!!
Grande Mulher...

"...Me dê minha mãe, alegria sã e medo remediável,me dá a mão, me cura de ser grande..."
Bravoooo!!

Tenha Bons Sonhos...
Muita Luz!!!

Smareis disse...

Oi Moisés, realmente ela é sem dúvida uma grande Escritora,Ja li algumas de suas poesias, simplesmente maravilhosa. Parabéns pelo post, é muito bom. Voltarei mais vezes. Um abraço!!

Dayse Sene disse...

Por isso que, quando "ser grande" começa a doer, eu volto a ser criança, até acredito em fadinhas, para eu poder brincar.
Lembranças de ser criança, é sempre vinda com tanta saudade.
As palavras de Adélia, a meu ver, é uma súplica, pois sabe tão bem, que quando crescemos ficamos órfãs até de nós mesmas.
Uma bela noite meu amigo "menino" poeta que adoro.
Um grande abraço.

Vilma Gonsales disse...

Olá querido, linda escolha... Suas postagens sempre são excelentes, você tem muito bom gosto!
Agradeço a Deus por permitir que pessoas especias como você alegre nossos corações...
Mil beijos: Vilma

Anna Amorim disse...

Poeta,

Maravilhosa postagem!

Para os orfãos que se quedam pelas palavras.

Beijos,

Anna Amorim

Rosi Alves... disse...

amei tudo aqui.um abraço final semana de paz!

Pati disse...

Oi Moisés,
Adoro Adélia!
Excelente postagem!
Beijos

Energia nuclear disse...

Adélia é tão transparente! Fala e escreve com a alma, tão singular e tão fiel. Seus poemas se cruzam em uma linda poesia. Parabéns pelas postagens em seu blog!

Energia nuclear disse...

Gostaria de receber posts e atualizações de "O LIVRO IMORTAL", como professora de literatura, esse contato será maravilhoso! Meu email < luciahbsilva@hotmail.com.br >

Anônimo disse...

Receber assinatura no endereço:
luciahbsilva@hotmail.com.br

Jônatas A. Henriques disse...

Olá! Sou blogueiro, também, e estou desenvolvendo um blog que apresenta, aos leitores, de forma simples e objetiva, a obra de Adélia Prado! Escrevo para lhe convidar a fazer uma visita e a conhecer mais a respeito do meu trabalho!

Um grande abraço e até la´!

http://apoesiadeadeliaprado.blogspot.com.br/