quinta-feira, 31 de março de 2011

TAGORE (O CORAÇÃO DA PRIMAVERA)



















*RABINDRANATH TAGORE
poeta e filósofo indiano .
nobel de literatura em 1913.

¨ egoismo  ¨ 

FUI SOZINHO Á MINHA ENTREVISTA.
QUEM É ESSE QUE ME SEGUE
NA ESCURIDÃO CALADA ?

AFASTO-ME PARA ELE PASSAR,
MAS ELE NÃO PASSA...

SEU ANDAR SOBERBO
LEVANTA  POEIRA,
SUA VOZ FORTE
DUPLICA A MINHA PALAVRA.

SENHOR !
É O MEU POBRE EU !
ELE NÃO SE IMPORTA COM NADA.
MAS COMO SINTO VERGONHA
POR TER VINDO COM ELE ,
BATER Á SUA PORTA ! 

  (TAGORE)

21 comentários:

Silviah Carvalho disse...

Muitas vezes não concordamos com nós mesmos, com algumas atitudes, nessas horas temos que nos encontrar e sermos um só eu e o quanto mais humilde melhor.Bastante profundo esse poema.Parabéns.

renatocinema disse...

Bela reflexão sobre o umbigo de cada um....parabéns.

Vivian disse...

Bom dia,Moisés!!

Nossa!!Bem intenso este poema!!
O egoísmo é uma chaga...que contamina a sociedade...
Façamos a nossa parte!Distribuindo gentilezas e sorrisos...não custa nada se importar com o que o outro...
Beijos!!
Tudo bem contigo?!
cuide-se bem!!

Roberta Maia disse...

Belo,Belo...
Profundo, como todas as almas pensantes são!!!

Amei!!!

Muita LUZ!!!

Eliete disse...

Moisés, estou encantada com este poema.um abraço

renatocinema disse...

Eu tenho o dvd "Nós que aqui estamos por vós esperamos". mas, é baixado do vhs. Se tiver interesse posso te fazer uma cópia.

abs

Entrevidas disse...

Afasto-me para ELE passar, mas ELE não passa... É lindo. Beijos

Si Fernandes disse...

Meu poeta bom, meu bem...
Voce sempre me deixando com coração disparado com esses teus postes e citações. O Livro Imortal é minha sala de leitura e aprendizado.
Adoro estar aqui, adoro voce!

Balaio de Poesias disse...

Na minha opinião,é o mais belo poema de Tagore.
Ótima escolha!
bjs

Milene Lima disse...

Suas escolhas sempre trazendo algo mais do que um poema escolhido ao acaso.

A cada postagem é possível trazer a reflexão e o aprendizado em consequência... Você sempre causa isso numa simplicidade ímpar. Obrigada por trazer Tagore.

Como vai você?
Beijos.

CARLA STOPA disse...

Belo espaço.Meu abraço.

VEREDAS, por Marluce disse...

Moíses,


Uma excelente escolha para refletir,PENSAR,
auto avaliar-se sem sermões esse eu que às vezes, não nos ouve,mas precisa de um grande puxão de orelhas!


Um abraço, Marluce

Universo Paralelo em Versos disse...

Moisés poeta querido Tagore para mim é algo realmente que não encontro palavras todos seus poemas são uma paixão tremenda é amor a primeira leitura sobre este poeta que fala dos sentimentos de cada ser humano com total maestria e no sumo de uma sabedoria que rejuvenesce quanto mais o tempo passar. Dispensa comentários sua obra pelo menos para mim, pois é genial e completo desmonta qualquer e mero intelecto, ler Tagore é algo sagrado no universo poético.

Valéria Sorohan disse...

Poema-rebeldia! Combina com o poeta!

BeijooO*

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

"...SUA VOZ FORTE...DUPLICA AS MINHAS PALAVRAS.
MAS...COMO SINTO VERGONHA
POR TER VINDO COM ELE ,
BATER Á SUA PORTA !"

Lindo poema!
Obrigada por retribuir minha visita.
FICA COM DEUS.

disse...

Lindo, lindo , lindo demais. Se pudéssemos deixar nosso eu que sempre quer aparecer mais que tudo e nos acompanha o tempo todo, seria tão bom né? Bjs!

mɑʀi disse...

OOOOOie!
como eu adoro muiito seu blog hehe...
tem um selinho la no meu pra vc tá? *---*
beiiijo ♥

FÊNIX CRUZ disse...

Obrigada pela oportunidade de conhecer esse poeta.

Bem, recebi um desafio e achei ótimo. Pensei logo em algumas pessoas bem diferentes entre si e que provavelmente, se aceitarem, darão ótimas sugestões de leitura:

O ENGENHOLITERARTE tem um Desafio Literário para você: deixe-nos aprender um pouco com a sua experiência.

Passe no Engenho e veja o desafio.

Ana Gaúcha _Professora disse...

bommmmmmmmmmmmmmmmmm
diaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
MOIsÉS

Saudades
Tudo ok??

Amei___

SENHOR !
É O MEU POBRE EU !
ELE NÃO SE IMPORTA COM NADA.
MAS COMO SINTO VERGONHA
POR TER VINDO COM ELE ,
BATER Á SUA PORTA !

(TAGORE)

bjsssssssssssss
menino

Entrevidas disse...

Saudades meu amigo, volta,oom seus texto... Beijos

Déya disse...

Egoísmo dói a quem recebe...
Quem o tem, nem sente é triste
mas bem verdade que egocêntricos são desmedidos..

beijos pra vc poeta...