sábado, 29 de janeiro de 2011

MACHADO DE ASSIS : O BRUXO





















 machado de assis é considerado por muitos 
o maior escritor brasileiro. foi poeta, cronista,
contista , dramaturgo...  foi um dos fundadores
da academia brasileira de letras(inspirada na 
academia francesa) e seu primeiro presidente.
escreveu romances memoráveis. entre eles 
¨memóriais póstumas de brás cuba¨
que muitos consideram sua melhor  obra.

    abaixo , um poema do grande escritor:



circulo vicioso

bailando no ar, gemia inquieto vagalume:
-quem me dera que fosse aquela loura estrela.
que arde no eterno azul,como uma eterna vela.
mas a estrela, fitando a lua , com ciúme:

-pudesse eu copiar o transparente lume,
que , da grega coluna,á gótica janela,
contemplou,suspirosa,a fronte amada e bela!
mas a lua , fitando o sol, com azedume:

-misera! tivesse eu aquela enorme, aquela
claridade imortal, que toda luz resume!
mas o sol ,inclinando a rutila capela:

-pesa-me esta brilhante aureola de nume ...
enfara-me esta azul e demedida umbela...
porque não nasci eu um simples vaga-lume?


    (machado de assis)
    

17 comentários:

Sérgio Filho disse...

Oi Moises,
Tudo bom?!

Gostei bastante do post de Machado, e principalmente da poesia.
Obrigado por compartilhar, meu bom.

Uma boa noite para você,

Aquele abraço!

Si Fernandes disse...

Eu gosto por demais da obra escritor Casmurro e da sua biografia também.
Beijo, meu poeta bom!

Vivian disse...

Bom dia, Moisés!!

Machado de Assis é maravilhoso!!
Suas obras não possuem idade, nem tempo!!Está sempre atual!!

Beijos!!
ótimo domingo!!
*Que bom que gostou do selo!!

Esconderijo do Observador disse...

Belo blog. Parabéns. Adoro esse poema. Sempre o vi como um reflexo da ironia humana intrínseca e nossa infinita insatisfaçao pessoal.
Um abraço do observador.

Drika disse...

Olá poeta Moisés... gostei do seu espaço aqui =) Gosto de Machado de Assis também...

Abraço no coração e boa semana!

Universo Paralelo em Versos disse...

Desde menino quando a professora mandou ler um livro de Machado de Assis eu pensei meu Deus do céu tem que ler aqueles livros de páginas amarelas em que não tem nada haver para mim que tenho 12 anos... bom comecei a folhear o livro e da maior surpresa fui uma paixão a leitura, eu fiquei extasiado resultado a nota foi 100 efeito começei a ler todos seus livros, e confesso amo Machado de Assis demais. O nome do livro foi Memórias póstumas de Brás Cubas....então ler seus post Poeta para mim sempre é um presente, não existe o passado em sua escrita.

Ana Gaúcha _Professora disse...

MOISÉS e Machado de Assis!!!

Grande Dupla!!!!
-
-----------------
"Eu gosto de delicadeza.
Seja nos gestos, nas palavras, nas ações,
no jeito de olhar, no dia-a-dia
e até no que
não é dito com palavras,
mas fica no ar..."

(Manuel Bandeira)

⊱✿✿ܓ
bjsssssssssssssssssss//

Maria Marluce disse...

Também sou uma leitora de Machado de Assis. Adorei a sua postagem. Agora estou concluindo, pela segunda vez,um outro autor que também os escritos me encantam:José Lins do Rego, "Menino de engenho".

Déya disse...

Ola, boa escolha bonito poema...
Um belo post..

uma boa noite..
Andréya

Pati disse...

Adorei o post de Machado! E obrigada pelas visitas Moises, tenha uma ótima semana!
Beijos

ValeriaC disse...

Fascinante este poema de Machado de Assis amigo...
Grata por sua visita tão cheia de simpatia...
Tenha um dia de encantos e alegrias...beijos..
Valéria

Drika disse...

Olá poeta Moisés, vim lhe agradecer a visita e o que falou sobre meus blogs =) Também gostei de seu espaço... amo literatura!

Abraço no coração!

Eliana f.v. - Li Andorinha - disse...

Ola Moises! Grata pela visita...
Também gostei muito do seu do seu blog...Parabéns pelo cuidado e beleza com que nos oferece boa leitura!
beijos com carinho da Eliana

Sereia Noturna disse...

Bravos Moisés!

Bjs

Ana Kalil disse...

Olá!

Também sou fã dos livros e das crônicas de Machado de Assis. Os que mais gostei de ler foram Helena e Dom Casmurro. E o que é mais admirável é a sua história de vida. Não nasceu em berço de ouro, era mulato( naquela época o preconceito praticamente determinava a vida da pessoa), nunca frequentou uma universidade. No entanto...é considerado o melhor escrito brasileiro do século XIX,do século XX, e um dos mais respeitados a nível mundial.

Bela escolha, querido poeta!

Abraços

mɑʀi disse...

ooeee...
Veleuu, mesmu mesmu mesmu ein...
sua passadinha no meu espacinho, é muitio especial! ;))
:**

Vieira Calado disse...

Já tinha lido alguma coisa

deste grande homem de letras.

Mas não conhecia o poema.

Um abraço forte