segunda-feira, 18 de outubro de 2010

FILOSOFANDO

na minha opinião para se fazer filosofia
não é preciso ter experiência prévia,
e nem  ter um treinamento muito 
especial.

o que se deve fazer é ajustar  sutilmente
a máquina do pensamento.
e doutrina-la  no sentido de se ter sempre
uma mente aberta  e questionadora.

observe o olhar  metafisico
de ¨mario quintana¨ , sobre uma cena
tão simples e cotidiana:

(olho em redor do bar em que escrevo 
 essas linhas .  aquele homem ali no balcão
 caninha após caninha , nem desconfia  
 que se encontra conosco desde o inicio 
 das eras.  ele pensa que esta somente
afogando problemas dele...
joão da silva...ele esta é bebendo a milenar
inquietação do mundo )

13 comentários:

Milene disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Milene disse...

Aprendi com um amigo que não existe definição exata sobre as coisas, não há uma visão certa ou errada, mas há sempre a nossa visão. E isso também é filosofar.
Ele, o amigo, me instiga a fazer funcionar a minha máquina do pensamento. Gosto disso, ainda que muitas vezes não lhe deixe perceber o quanto me incita.

O olhar metafísico de Quintana, já havia lido, logo ali,seguindo aonde vão os passos desse meu amigo.

Beijos, rapaz!

REGGINA MOON disse...

MOISÉS,

BELÍSSIMO O SEU BLOG!!PARABÉNS!!

POSTAGEM EXCELENTE...

UM BEIJO E GRATA POR SUA VISITA!

REGGINA MOON

VISITE:
www.versoeprosapoemas.blogspot.com

Pati disse...

Estou adorando as suas postagens, Moisés!
Também gosto muito de Virginia Woolf.
Qdo fiz faculdade de letras adorava qdo ela era o tema das aulas (e você me incentivou a colocar mais algumas frases) :).
Vou aguardar a sua postagem no final do mês.
Beijos

Universo Paralelo em Versos disse...

Perfeito teu post... parabéns com louvor....

Cecilia Nery disse...

Bacana seu blog também. Gosto de filosofia, por isso eis aqui mais uma discípula. E obrigada por prestigiar o meu blog. Bjs.

Balaio de Poesias disse...

Como disse Armindo Trevisan em uma entrevista:
O Quintana tinha uma vocação de pensador. Não de um pensador oficial, formado tecnicamente nos padrões da linguagem filosófica. Ele era um filósofo a sua maneira, preocupado em dar respostas a si mesmo sobre o enigma do destino humano.
Abraços.
Zêh

Chris Amag disse...

Sabe, meu filho, desde pequeno, gosta dessa coisa de filosofar...

Logo cedo, questionava a cor do céu e sugeria várias respostas para ela.

As plantas, cada ser vivo, as pessoas, tudo em sua volta virava pensamentos cheios de filosofia.

Agora, já grande, ele guarda as palavras, prefere que ninguém escute os seus pensamentos.

Não existe arte em filosofar, existe sim a experiência, o fazer sempre, que faz com que enxerguemos o mundo de uma maneira diferentes de todos os outros...

Bjs
E obrigada pelo carinho

Chris

Carol disse...

Adoooooooorei o seu blog também! Virei sua seguidora imediatamente!!!

Abraços,

sonho disse...

As coisas teem a definição do que que queremos dar num determidado momento...
Beijo d'anjo

Malu Machado disse...

Olá Moisés, Prazer em conhecer o seu blog e logo lendo este texto sobre filosofar. Tenho uma amiga que me diz que tenho alma de filósofa. Não sei se é verdade. Só sei que tenho a alma curiosa por natureza e respiro cada divagação, cada canto por onde passo.

Gostei e vou voltar. Aproveito e deixo o convite para conhecer o meu cantinho e ler alguns dos meus textos. Ficarei muito feliz em te receber para um drinque e alguns delírios.

Um abraço,

Silvia disse...

Oi, Moisés
vim conhecer o teu blog e adorei os textos. Ótimas também as indicações de leituras. Adoro ler, e quando mais autores e livros conheço, mais vejo que ainda há muito o que conhecer.
Abraço

Lua Nova disse...

Olá, Moisés

Muito interessante esse post. Ser observador não é uma coisa tão simples assim. Depende de uma inteligência razoável, de curiosidade, de saber fazer as perguntas necessárias, e imaginação. Mário Quintana era alguém especial que tinha tudo isso, muita sensibilidade e muita cultura.
Filosofar não é pra qualquer mortal, no meu ponto de vista.
Entretanto, concordo com vc que, partindo do princípio de que esses pre requisitos foram cumpridos, aí sim, o que vc disse pode ser aplicado.
Acho que vc poderá ser um bom filósofo.
Beijokas.