domingo, 31 de outubro de 2010

TABACARIA - UM POUCO DE FERNANDO PESSOA

















FIZ DE MIM O QUE NÃO QUIS,
E O QUE EU QUERIA FAZER   DE MIM
EU NÃO FIZ .

A ROUPA QUE EU USAVA ERA ERRADA,
LOGO , CONHECERAM-ME  POR  QUEM 
NÃO ERA, E NÃO DESMENTI.


QUANDO QUIS TIRAR A MÁSCARA
JA ESTAVA PEGADA Á CARA.
QUANDO TIREI E ME VI NO ESPELHO
JA TINHA ENVELHECIDO.


EU ESTAVA BÊBADO, JA NÃO SABIA
TIRAR A ROUPA QUE NÃO TINHA TIRADO.


DEITEI A MÁSCARA NO CHÃO
E DORMI NO VESTIÁRIO.
COMO UM CÃO , TOLERADO PELA 
GERÊNCIA POR SER INOFENSIVO.


VOU CONTAR-LHE MINHA HISTÓRIA
E PROVAR QUE SOU SUBLIME.


(fernando pessoa)

24 comentários:

renatocinema disse...

Grande texto.....Passar pelo seu site sempre faz bem a cultura individual. Abs

Psiquismo Desmistificado disse...

Prezado Poeta,
Gostei demais de seu blog.
Muito enriquecedor, com textos excelentes. Admiro muito a literatura e filosofia.
Com certeza estarei retornando ao seu espaço para apreciar uma boa leitura.
Um ghrande abraço
PD

Ira Buscacio disse...

Moisés,

O poeta do meu coração... F. Pessoa!

Bj

Entrevidas disse...

Nem sempre conseguimos fazer de nos o que gostariamos. Fernando Pessoa bela escolha. Beijos

Cristiano Contreiras disse...

Fernando Pessoa me define!

Pamella Medeiros disse...

Belíssimo texto, adoro Fernando P.

Obrigada pela visita!
(:
Tenha uma ótima semana.

Lu disse...

Nenhum poeta poderia ter tido nome mais certeiro: Pessoa.
Afinal, nenhum poeta foi tantas pessoas, tantos de nós, com tamanha maestria, tamanha intensidade.
Obrigada, Moisés, por me oferecer, aqui neste seu espaço raro, mais uma rica pitada de Pessoa!
Beijo pra você!

Gisa disse...

"FIZ DE MIM O QUE NÃO QUIS,
E O QUE EU QUERIA FAZER DE MIM
EU NÃO FIZ"
Quantas vezes incorreremos nesse erro?
Pessoa é sempre fundamental!
Linda escolha e adorei seu blog.
Obrigada pela visita, volte sempre que quiser, será um prazer.
Quanto a mim, volterei por aqui com certeza.
Bjs.
Gisa

LC disse...

Pessoa é indiscutível. Um dos mais ousados poetas de todos os tempos.

A criação dos heterônimos acabou por consagrá-lo.

Parabéns, caríssimo, pela blogada.

abraços da Lu

Pati disse...

Adoro Fernando Pessoa!
Obrigada sempre pelas visitas no meu blog!
Beijão!

Mah disse...

o que posso dizer do seu imortal livro
Lindissimo
Estou seguindo também!
Parabéns

Ana Gaúcha _Professora disse...

PRAZERRRRRRRRRRRRRRRRR

carinhosas palavras na minha agenda
agradeço

cá estou p/ conhecer seu espaço
e dou de cara com FPessoa
ADMIRO MUITO

Vou
mas...............VOLTAREI
bjs
e BOMDIA!!!

Léo Santos disse...

Barbaridade! Que perfeccionismo!Chega a me arrepiar... Sou muito sensível à genialidade! Me dói!

Um abraço!

Vivian disse...

Olá!!Bom Dia!!
Obrigada pela visita!!E Seja Bem Vindo!!
Adoro Fernando Pessoa!!Parabéns pelo blog!!Tudo que vem dele é inspirador.
Eu tenho sempre à mão o Livro das Virtudes, não sabia que tinha um segundo volume!!Vou procurar pra mim!!
Obrigada!
Atenciosamente

Valter Montani disse...

Caro Moisés

Obrigado pela visita e comentário, seguirei teu blog para manter o contato, bom resto de semana, abraço!

Fátima disse...

Olá Moisés,

Em certos momentos da vida esse texto me cai como luva. Perfeito!
Muita informação em tua página, adorei!

Que bom que gostou dos meus poemas, feliz com tua visita.
A principio achei que vc fosse o Moisés poeta do blog a biografia do fogo, me enganei?

Beijo meu

Teresa disse...

Foi uma honra receber sua visita em meu blog... já estou te seguindo, obrigada. Quanto ao seu cheira cultura, textos escolhidos a dedo... abraços, obrigada, também voltarei.


abraços

Teresa

Ana Gaúcha _Professora disse...

bjssssssssssssssssss
de
BOMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM
DIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

Arnoldo Pimentel disse...

Muito bom seu blog, já sigo. Muito bom mesmo esse poema.Parabéns pela postagem.

Ana Agarriberri disse...

Aaah, gosto tanto de F.Pessoa. Parabéns pela escolha do texto.
Beeejo,beeejo.

Ana Agarriberri disse...

Que bom que gostou, sempre bem-vindo lá. Obrigada por retribuir a visita e comentário. Beeejo.

Thiara Ribeiro disse...

Fernando Pessoa!

De ótimo gosto! :)

Teresa Cristina flordecaju disse...

Enriquece vir aqui...


Ah o cheiro da infância
O ar atravessa a rua
Numa folha da mangueira


Meu carinho. Teresa Cristina.

Dayse Sene disse...

Quando vi que em sua profissão estava escrito "Inspetor do céu noturno", logo me apressei em adicioná-lo, pois sendo sua amiga, caso eu chegue ao céu a noite, quem sabe terei passagem livre não é mesmo? (risos).
E depois, dei uma viajada em seu blog, poetas de peso...todos muito lindos e sem comentário, bom gosto o seu destacá-los aqui, mas ai vim ler com mais tempo o Fernando Pessoa... que bom, poder viajar nos sonhos dele, havia tempo que não o apreciava.
Deixo-lhe aqui um bom dia e um abraço.